Punta Cana: all inclusive e passeios para ilhas

Oi pessoal!

Antes de começar a falar sobre a experiência de conhecer esse lugar maravilhoso, vou dar algumas informações técnicas. Voamos pela Gol com escala em Caracas, na ida e volta (sim, escala, não precisamos sequer sair do avião).

Não temos reclamações quanto ao atendimento a bordo. A tripulação era simpática e sempre disponível. Achei as poltronas apertadas, mas viajar de econômica é isso né…

A classe conforto tem um pouco mais de espaço para as pernas e que fica com o assento do meio livre. Parece que as refeições nessa classe são um pouco diferenciadas também. E por falar em refeições a bordo: no voo diurno de ida teve almoço e depois um lanche. Não tenho do que reclamar quanto à comida. O voo de ida foi bem tranquilo, apesar de não gostar de viajar durante o dia… Já a volta, teve um pouco de turbulência, mas como foi à noite, acabamos dormindo. Há voos por outras companhias que vão para Punta Cana, mas até onde sei, saindo do Brasil, ainda não há voos diretos.

Chegando lá

O aeroporto é muito charmoso. E estava muuuuito quente. Passei muito calor por estar de calça… hahahaha. Descendo do avião já dá pra sentir a diferença no clima. Vá com roupas leves. Jeans, nem pensar! A imigração é bem tranquila. Há uma taxa de US$ 10,00 para entrar no país. Para pegar as malas também foi tranquilo, a nossa era a única esteira funcionando!! 🙂

Tem um freeshop bem tímido mas com preços bons. Assim que pegamos as malas alguns rapazes se ofereceram para levá-las até o carro. Aí, se já tiver combinado o traslado, bem. Se não, é só pegar um táxi até o resort. Os preços não são absurdos e os pessoal lá é bom de negociação.

punta-aero
Aeroporto de Punta Cana – Fonte: Viaje Caju

Chegando ao resort

Ficamos no IFA Villas Bávaro (www.villasbavaro.com). Há muitos e muitos outros resorts tão bons quanto e também muito melhores que esse. Mas vou contar a experiência que tivemos. Alguns comentários no TripAdvisor são bem negativos, mas creio que exagerados. Sim, há resorts melhores como o Majestic e o Barcelo Bávaro entre outros. Porém, fiquei sabendo que às vezes o resort é bom mas a praia não é tão boa assim. Então fiquei feliz de ficar no IFA pois a praia é muito linda. Há dois tipos de quartos: standard e superior. Os standards ficam numa área mais afastada da praia e são térreos, similares a chalés. O lugar é muito charmoso! O quarto chamado superior fica mais próximo à praia. A área onde ficam esses quartos é mais movimentada, pois fica próxima à piscina principal, restaurantes e uma discoteca. Se quiser um pouco mais de sossego é bom ficar longe desses lugares.

O All-Inclusive

Não há nada melhor do que ter tudo incluído na viagem, sem ter que se preocupar em sair do hotel para comer. Mesmo o resort mais simples vai oferecer: uns quatro a cinco restaurantes pelo menos, um à beira-mar e outro que fique aberto até altas horas. As bebidas no IFA não são as melhores. Todos os drinks pareciam bem similares. Para não errar, ficamos na cerveja, piña colada e mojito. Para o jantar, é preciso reserva. Aí fica a parte chata, pois geralmente tem fila pra fazer a reserva, mas vale a pena. Se não quiser fazer reserva, sempre tem um restaurante aberto o tempo todo servindo snacks e bebidas. Outra coisa legal nos resorts são os bares nas piscinas. Bom, o conforto é o máximo. Se quiser ficar o dia inteiro no resort e curtir só a praia e piscina, já dá pra se divertir bastante.

VLUU L100, M100  / Samsung L100, M100
Uma das piscinas do Resort – Fonte: Viaje Caju

Os passeios

Eu sou da turma do “já que”. Já que fui até lá, queria mergulhar numa ilha diferente. Foi isso que fizemos: Isla Catalina (www.pelicanosport.com). O cenário é lindo demais! Valeu a pena. Infelizmente não tenho fotos do mergulho, pois deu problema na minha máquina e comprei uma descartável que simplesmente não funcionou… :/

a
Isla Catalina – Tinha chovido bastante, mas a água continuava azul e morna. Fonte: Viaje Caju

Mas tenho algumas fotos de outro mergulho que fiz perto da praia Bávaro mesmo. Veja aí abaixo:

aa
Mergulho em El Niño – Fonte: Viaje Caju
DSC_0168
Mergulho em El Niño – Fonte: Viaje Caju
DCIM100MEDIA
Apaixonei nesse peixinho – Mergulho em El Niño – Fonte: Viaje Caju

E já que eu estava lá, tinha que ver os golfinhos, e também os tubarões e todos os animais aquáticos imagináveis. Fomos ao Dolphin Explorer (http://dolphinexplorer.com/). Há vários programas, mas já que estava lá, fiz o mais completo: tubarões e arraias, focas e golfinhos. É uma experiência inesquecível! Preço: US$ 230,00 por pessoa mais ou menos e depois mais US$ 100,00 das fotos. É caro, mas foi legal.

Hoje não sei se iria novamente, pois fiquei com dó dos bichinhos presos. Só pra você entender: os animais ficam em piscinas no próprio mar, cercadas por pedras. Mas ainda assim não sei se isso é saudável pra eles. Pareciam bem cuidados, mas depois me senti explorando os bichinhos.

Mas que é uma experiência inesquecível, isso é!

a
Dolphin Explorer – Fonte: Viaje Caju

Há outros passeios bem interessantes: Gruta Hoyo Azul (que inclui uma parada numa praia além da gruta), Isla Saona (um lugar paradisíaco), Marinarium Excursion (snorkel com tubarões e arraias) e discoteca Imagine (que fica dentro de uma caverna).

Punta é pra quem?

Vi casais jovens, casais mais idosos, pessoas de todas as partes do mundo e casais com crianças. É um destino muito em alta.

Compras

Tente não comprar nada nos resorts. Os preços são absurdos. A cada dia ambulantes visitam um resort da região e expõem seus quadros, bijoux, etc. Se você apenas der uma olhadinha já é suficiente para eles não deixarem você ir a menos que compre algo. Isso é um pouco irritante com respeito aos vendedores em Punta Cana. Onde quer que você vá, alguém vai te oferecer algo e insistir muito até que você compre.

O que vale a pena comprar

Depois de muito pechinchar, vale a pena comprar lembrancinhas diversas, quadros, bijoux e camisetas. Não deixe de trazer Mamajuana (uma bebida da região). O freeshop da ida é pequeno mas o da volta é maravilhoso! Os preços são muito melhores do que o do Brasil. Para quem gosta, tem uma loja bem grande da Victoria’s Secret no aeroporto. Apesar de Punta Cana não ser um lugar para compras, sempre tem algo que queremos trazer, então, aproveite o freeshop.

Quando ir

Eu fiquei achando que ia chover, pois diziam que em outubro chove. Mas choveu muito pouco. Só mesmo à tarde, depois de muito sol. E eram chuvas passageiras.

Resumão:

  • A língua oficial é o espanhol, mas claro que pode usar o inglês. A maioria das pessoas fala mais de uma língua;
  • Pode pagar tudo em dólar, pois a moeda é super aceita;
  • Eu tomei vacina da febre amarela, mas meu marido não pode tomar, e não teve problema algum, ninguém pediu nossa carteirinha de vacinação;
  • Como no resort é tudo incluso, não precisa levar muito dinheiro, só mesmo para os passeios, gorjetas e compras.

Tenho certeza de que você vai amar essa experiência.

Bjs e até o próximo post!

Um comentário

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s