Gaste pouco com Passagens e Hospedagem

Oi pessoal!

Uma coisa que todo mundo me pergunta é: como viajar gastando pouco??

Bom, vamos lá: estamos em crise, sim, mas não queremos parar de nos divertir. Então temos que ter algumas coisas em mente antes de planejar uma viagem. Vamos ver o que você pode fazer para viajar gastando pouco e assim, claro, poder viajar cada vez mais!

O primeiro passo é: PLANEJAMENTO. Quem não gostaria de acordar numa sexta-feira e falar: “Vou passar o fim de semana em Paris”, mas infelizmente para a maioria dos mortais, isso é impossível. Então comece a planejar bem antes. Mas quanto tempo antes?

Eu sugiro não comprar PASSAGENS com muita antecedência, pois como ainda há muitos lugares disponíveis os preços estão lá em cima. Maaaaassss também não pode deixar pra última hora. Então, por experiência própria, eu recomendo comprar com uns 6 meses de antecedência para destinos internacionais e com uns 4 meses para destinos nacionais.

Outra coisa: tente usar a mesma passagem pra dois destinos diferentes. Por exemplo, se você for a Nova York com escala em Miami, fique alguns dias em Miami. É só pedir a opção de Stopover na companhia aérea. Assim, você já conhece dois lugares de uma só vez. A American Airlines, por exemplo, permite isso.

Pensando em viajar pelo Brasil? Ok, dá pra fazer a mesma coisa: tá indo pra Recife? Aproveite e passe em Olinda, em Porto de Galinhas e Maragogi. Tudo com a mesma passagem.

stopover

Outra alternativa é viajar com MILHAS. Mas como? Esse é um assunto ainda confuso pra muita gente. Bom, vamos lá. Primeiramente, você precisa se cadastrar nos sites das companhias aéreas. A LATAM faz parte do programa Multiplus (www.pontosmultiplus.com.br/home/), a GOL do Smiles (www.smiles.com.br/home), a AVIANCA do Programa Amigo (www.avianca.com.br/amigo). Mas não importa a companhia que você use, SEMPRE faça uma conta no programa de milhagens daquela companhia e depois lance as milhas da sua viagem lá. Exemplo, uma viagem em classe econômica para Nova York pela LATAM te rende 10.000 pontos multiplus (ou 10.000 milhas). Parece pouco, mas você consegue emitir uma passagem de ida para Salvador com uns 6.000 pontos (dependendo da época).

Use também gastos corriqueiros para acumular pontos. Por exemplo, se você abastecer no Posto Ipiranga, você acumula pontos que podem ser convertidos em milhas (mediante um pagamento) ou você pode gerar cupons de descontos no Hotel Urbano ou no Hoteis.com (www.kmdevantagens.com.br/wps/portal/kmv). Se você comprar alguma coisa no site do Ponto Frio, por exemplo, o valor que você gastar é convertido em pontos Multiplus, da LATAM. Se você fizer reservas no site Booking.com, você também acumula pontos Multiplus. Tudo isso vai gerando mais milhas para a sua conta. (https://www.pontosmultiplus.com.br/junte/).

Ah, e o cartão de crédito??

Muito cuidado com o cartão de crédito…. Ele é ótimo para acumular pontos/milhas, mas só vai valer a pena se você pagar a fatura INTEGRALMENTE todo mês. Se não, pensa comigo: você não paga toda a fatura, ou seja, no mês seguinte vem juros, digamos R$ 150,00 (que no ano pode chegar a R$ 1.800,00) . E ainda tem a anuidade que de certos cartões chega a R$ 450,00/ano. Será que vale a pena gastar tudo isso pra depois conseguir emitir uma passagem pra Miami, que hoje você consegue comprar por R$ 1.500,00? Não, não vale a pena. Isso NÃO seria uma economia inteligente.

Bom, ok, até aí tudo certo mas e quanto à hospedagem? Dá pra economizar?

Quanto à HOTÉIS e POUSADAS não há padrão… Já aconteceu comigo de deixar pra reservar muito perto da viagem, por exemplo, uns dois meses antes e o preço estar mais alto do que se eu reservasse 6 meses ou 1 ano antes. Então, na dúvida, reserva antes, ok?

A alternativa mais em conta para Hotéis e Pousadas são os HOSTELS e o Airbnb (www.airbnb.com.br). Esse último são apartamentos que você pode alugar, ou se preferir pode alugar apenas um quarto, o que fica bem em conta. A vantagem é que você pode fazer amizade com o dono(a) da casa/apartamento e ele(a) pode te dar dicas do que visitar, onde comer, etc. Nada como ter dicas de um nativo, né?

Ah, vou fazer uma viagem em novembro e vou ficar 2 dias num hostel pra ver como é. Nunca fiquei, mas tenho que ter essa experiência pra poder compartilhar, né? A diferença de preço é gritante! ahhhhhhhh Mas tem seus inconvenientes: quarto e banheiro compartilhados. Porém, vamos ver pelo lado bom: compartilhar um quarto e as áreas comuns do hostel, como sala de tv e cozinha, faz com que você faça muito mais amigos. E você sabia que Hostels tem café da manhã incluído e às vezes até jantar? Isso é raro em Hotéis pelos EUA, por exemplo.

Veja essas outras dicas para economizar com HOSPEDAGEM:

  • Se for ficar apenas 1 ou 2 dias no destino, você pode arriscar deixar pra reservar no dia da viagem. Sim!! Parece loucura, mas na verdade é economia. Veja o site Hoteis.com, coloque na parte “Oferta do dia”. Você vai ter descontos de até 50% na diária. Eu vou arriscar fazer isso na minha próxima viagem e depois conto pra vocês como foi!
  • Tente acrescentar cupons de descontos às suas reservas ou tente reservar sempre no mesmo site. Por exemplo, a cada dez diárias acumuladas no site Hoteis.com, você ganha uma grátis. 🙂
  • Sempre compare preços: você pode usar o Trivago ou o Tripadvisor.
  • Mas cuidado, o barato pode sair caro. Antes de reservar é bom olhar as avaliações no Tripadvisor. Veja se vale a pena pagar muito barato num hotel, mas depois ter que ficar gastando dinheiro com transporte ou café-da-manhã, por exemplo.
  • Tem um outro site de preços bons, mas que você faz reservas no escuro. É assim: você escolhe a cidade que quer ficar, a região, e aí ele te dá alternativas de hotéis pelo preço e estrelas. Você só descobre o hotel depois da reserva. Eu nunca usei, mas qualquer dia vou arriscar. Conheço gente que usou e que deu super certo. Mas é em dólar e não dá pra parcelar. Fora que virá também o IOF de 6,38% no seu cartão de crédito. Então é bom colocar tudo isso no papel. O nome do site é: Hotwire.com (www.hotwire.com).

Faça sua reserva com a gente!

Sempre que for viajar, leve em consideração a época também. Se for feriado, férias de julho, dezembro, janeiro, carnaval, … geralmente é caro de qualquer jeito.

Aí você diz: ok, vou seguir essas dicas, mas tem um problema: só posso viajar nas férias escolares e nos feriados.

Mas ainda assim dá pra economizar. As passagens costumam ser bem mais caras, porém, se você tiver disponibilidade, tente adequar a ida ou a volta, pois assim pode ficar mais barato. Não queira voltar na quarta de cinzas…

Com hospedagem, eu sugiro as mesmas dicas anteriores. Reserve antes, ou tente ficar em apartamentos, ou mesmo em Hostel. Sabia que você pode pegar um quarto num hostel com 6 camas, por exemplo, pagando menos que um hotel? E aí, você divide o quarto com seus amigos ou com sua família.

Bom pessoal, é isso. Se tiverem dicas também, por favor, compartilhem. É sempre bom economizar pra poder viajar cada vez mais!

Bjs!

3 comentários em “Gaste pouco com Passagens e Hospedagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s