O que visitar em Roma I

Ficamos três dias em Roma. (Aproveita e dá uma olhadinha no nosso vídeo do 2º dia). Foi bem corrido e por isso tivemos que deixar alguns pontos turísticos de fora, apenas “passando” por alguns deles. Ainda assim, a impressão que eu tive de Roma é de uma cidade apaixonante, histórica e que ao mesmo tempo ainda vibra. Enfim, como eu já disse em outro post: é inexplicável.

Vou listar aqui os lugares, os valores e as dicas:

Coliseu. Valor US$ 16,00 (online). Marquei a visita para o horário das 9h30. Chegando lá na praça do Coliseu, tem um guichê onde você deve trocar os vouchers, comprados na internet, pelos ingressos.

O Coliseu tem mais de 1900 anos, e seu nome original era “Anfiteatro Flaviano”, em homenagem ao pai de Tito, que na época governava Roma. Apesar de toda a história super sangrenta por trás do Coliseu, ele é, sem dúvida, o símbolo mais famoso do Império Romano, e por isso, é simplesmente emocionante visitá-lo. No decorrer dos anos, ele foi se deteriorando por causa de saques e terremotos, mas o que sobrou ainda é impressionante.

Vá com roupas e sapatos confortáveis para poder andar mais e aproveitar bastante o local. Há elevadores, mas nós pegamos as escadas que por sinal, são bem íngremes. E uma novidade: a partir do dia 1º de novembro de 2017, o nível mais alto estará aberto novamente ao público, depois de 40 anos sem acesso. Parece que a vista de lá, é ainda mais impressionante.

coliseu
Coliseu – vista interna – Foto: Viaje Caju

Foro Romano. Comprando os ingressos para o Coliseu, você tem direito a visitar, durante dois dias consecutivos, o Foro Romano e Palatino, podendo entrar apenas uma vez em cada lugar. O Foro Romano é onde tudo acontecia. Era o centro comercial e político de Roma. Entre as principais ruínas temos o Arco de Tito (81 D.C.), o Tempo de Saturno (séc. 5 A.C.) e a Basília Giulia (54 A.C.).

A gente andou muito, mas muito mesmo dentro do Foro Romano. Tente pegar antecipadamente na internet um mapa do local, para poder saber direitinho o que é o que. São muitos templos, ruínas e arcos. Mas vale a pena cada passo! Mais uma vez: coloca um sapato beemmm confortável e qualquer coisa, dá uma descansadinha no caminho.

arcodetito
Arco de Tito – Foto: Viaje Caju
fororomano
Foro Romano – Foto: Viaje Caju

Palatino. É uma das 7 colinas de Roma e é considerado o berço da cidade. Acredita-se que já era habitado no ano 1000 A.C. Como o lugar é bem extenso, assim como o Foro Romano, é bom reservar metade de um dia para visitá-lo. Então, lá vai uma confissão terrível: não conseguimos visitar o Palatino! Sim, horrível isso. Mas estava muito quente e acabamos voltando para o hotel para trocar de roupa, e na volta, para aqui…para ali e já era! O Palatino vai ficar para uma próxima.

O Arco de Constantino fica bem ao lado do Coliseu e é realmente triunfal e imponente. Foi construído para comemorar a vitória de Constantino na Batalha da Ponte Mílvio, 312 DC. Ele foi inaugurado oficialmente em 25 de julho de 315. Ele tem uma cerca alta ao seu redor, o que impede de chegarmos bem perto, ou tocá-lo. Desculpa aí, mas eu gosto de tocar as coisas (com exceção de corais). Sou muito sinestésica. Imaginem como eu sofro em museus!

arcodeconstantino
Vista do Arco de Constantino a partir do Coliseu

Depois disso voltamos para o hotel e demos uma parada para curtir o Happy Hour romano que começa a partir das 16h00. Aí experimentamos o Carciofi (Alcachofra Frita). Não foi dizer que foi a coisa mais deliciosa que já comi, mas que foi diferente, isso foi. Eu gosto muito de alcachofra e também gosto de comida crocante, então, eu achei gostoso. Mas um pouco oleosa, afinal é frita.

IMG_1778[1]
Alcachofra frita (carciofi) – Foto: Viaje Caju
Aí fomos ver uma das obras mais famosas de Michelângelo: Moisés! É realmente impressionante. Fica em San Pietro in Vincoli (Piazza di San Pietro in Vincoli, 4/a, 00184 Roma RM, Itália). Diz a lenda que quando Michelângelo completou essa obra, era tão perfeita que ele disse: Per che non parli? (em português: por que não fala?). Essa obra é na verdade um mausoléu, encomendado pelo Papa Julio II, que só foi completada anos depois da morte do Papa. Tome tempo para ver a obra e veja os detalhes, entre eles Moisés segurando as tábuas dos 10 Mandamentos e os cifres em sua cabeça, representando o momento em que ele estava reluzindo e brilhando depois de receber as leis. A visitação é gratuita!

IMG_1789[1]
Moisés de Michelangelo – Foto: Viaje Caju
Para finalizar, voltamos ao Coliseu à noite, mas somente na parte de fora. É realmente lindo! E como era no caminho passamos pelo Altare della Patria, um monumento maravilhoso que fica entre a Piazza Venenia e o Monte Capitolino, porém, estava fechado e depois nos outros dias não conseguimos visitá-lo. Esse é mais um que vai ficar para uma próxima viagem. Só lembrando que há um observatório lá que dizem ser perfeito para tirar lindas fotos de Roma. Então, coloque no seu roteiro.

IMG_1447[1]
Altare della Patria durante o dia – Foto: Viaje Caju
IMG_1969[1]
Altare della Patria à noite – Foto: Viaje Caju
Olhando as fotos e escrevendo esses posts, já tá dando vontade de voltar! E agora??

Bjs e até o próximo post!

 

 

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s