London, London – O que fazer, onde ficar, o que comer?

Sempre quis conhecer Londres, mas nunca imaginei que iria conhecê-la em uma viagem de última hora e detalhe: com apenas uma pequena mochila nas costas. Fui sem roteiro, com a cara e a coragem, e espero que as dicas que eu vou dar aqui te ajudem a aproveitar melhor a cidade, gastando pouco.

Expectativas
Como sempre, antes de qualquer viagem, eu tinha muitas expectativas: o que eu iria encontrar em Londres, quais lugares eu iria conhecer, onde iria ficar, etc. Será que eu teria dificuldade de entender o inglês britânico? Será que eu iria enfim comer o tal do Fish & Chips e tomar muito chá, e conhecer alguns pubs?

Só digo que achei tudo mais fácil do que eu realmente achei que seria. E apesar de ter feito tudo de última hora, consegui conhecer bem a cidade em apenas 4 dias que eu fiquei lá.

Hospedagem
Resolvi ficar em Hostel pois era a opção mais barata que encontrei. Só que tive um problema aí: quando cheguei na rua do Hostel, eu gostei bastante do local, a vizinhança era boa, bem perto de alguns restaurantes e a poucos metros da estação de trem Kings Cross, porém, quando entrei no quarto era simplesmente horrível. Pequeno, sujo, duas treliches em um espaço que caberia apenas uma cama, sapatos espalhados por todos os lados, era realmente horrível. Como não tinha pra onde ir, resolvi dar uma chance e fui ao banheiro tentar tomar um banho. O banheiro era tão horrível quanto, resumo: tive que ir para outro lugar. Consegui reserva em um outro hostel muito bom que eu já conhecia de quando eu tinha ido pra Barcelona: Generator Hostel. Eu não sou muito fã de hostel, para se for pra ficar em algum, eu recomendo essa rede. Eu fiz minha reserva usando o Booking.com.

Locomoção
Andar por Londres não é difícil, pelo menos eu não achei. Claro que é sempre bom estar com o Google Maps para conseguir andar a pé ou mesmo pegar metrô ou ônibus com mais facilidade. Durante os quatro dias que eu estive lá, eu resolvi andar de bicicleta ou de ônibus. Andei de metrô apenas uma vez. Por que? O metrô é muito bom pois é mais rápido, mas eu gosto de ver as ruas, ver os lugares, então optei pela bicicleta e ônibus.
O ônibus funciona assim: você compra um bilhete por 5 libras e pode usá-lo por 24 horas em qualquer ônibus. Havia outras combinações de bilhete, se não me engano, por exemplo ônibus e metrô, ou só metrô, mas para mim, financeiramente, compensava mais essa opção do ônibus.
A bicicleta também é uma ótima opção, pois é seguro andar por lá e usando seu cartão de crédito, você pode andar de bicicleta o dia todo pagando apenas 2 libras. Funciona assim: você pega a bicicleta nos decks espalhados pela cidade e passa o cartão. Se você trocar a bicicleta a cada 30 minutos e permanecer fazendo isso o dia todo, você só é cobrado 2 libras. Vale muito a pena. Aconteceu claro, de algumas vezes eu não achar um deck dentro de 30 minutos e acabei tendo que pagar um pouco a mais, mas mesmo assim, achei uma ótima opção, além de divertido.

Onde comer
Olha, não achei nada de muito especial na comida da cidade. A única coisa que eu queria comer era Fish & Chips embrulhado naquele papel de jornal. E seria muito fácil encontrar isso nas ruas, certo? Bom, no meu caso não foi. Não nas ruas… Eu vi apenas um lugar que vendia Fish& Chips (peixe com fritas) em um carrinho de rua, mas bem nessa hora eu não estava com fome. Então, acabei experimentando em um restaurante mesmo. Não achei nada de mais… Mas, pelo menos experimentei!
Eu comi mais de uma vez no Five Guys, que é uma das lanchonetes que eu mais gosto no momento, inclusive menciono ela aqui também nesse post sobre New York. Comi algumas vezes também no Pret a Manger que é um tipo de restaurante onde você mesmo se serve, mas não é por kilo, são potinhos de comida já prontos, tem bastante coisa natural, tem frutas, sucos, etc.
Outra opção legal (que eu acabei não experimentando) é tomar o típico café da manhã inglês – Full English Breakfast. Mas na verdade vale como um almoço, pois tem muita comida e sustenta demais!

Clima
A fama do clima não é boa! Mas como eu fui no verão não tenho do que reclamar. Claro que ainda assim o clima é bem diferente dos países mais ao sul. Eu estava em Roma em um calor de 38ºC, com apenas dois vestidos e shorts na mochila. Chegando em Londres, tive que comprar uma calça e uma blusa e usei bastante… Mesmo quando eu usava vestido, eu precisava da blusa para usar à noite, isso em pleno agosto. À noite chegou a fazer 19ºC, o que pra mim já é frio, e eu não consigo ficar sem blusa em um clima assim. Então, mesmo indo no verão, sempre leve uma malha para usar à noite e se possível, guarda-chuva.

O que visitar
Londres não é uma cidade para se conhecer em tão pouco tempo como eu fiz: apenas 4 dias. Dá pra ficar mais tempo e ainda tem muita coisa pra ver. Mas vou mostrar aqui alguns lugares que consegui visitar e como eu me organizei pra isso.


Eu fiz um roteiro de última hora no próprio Google Maps. Tem um recurso que você marca o que quer visitar, lugares preferidos etc. Eu marquei vários lugares como “quero visitar” e ia visitando de acordo com a proximidade.

St. Paul’s Cathedral
Foi aqui onde se casaram Lady Di e o Príncipe Charles. Eu passei em frente e tirei foto, mas tem como visitar a igreja e fazer um tour. Os preços começam em £ 17. Visite o site: https://www.stpauls.co.uk/visit

Tower Bridge
Sabia que você pode visitar a torre por dentro e saber mais sobre a sua história e construção? A partir de £ 8,80. Mais info: https://www.towerbridge.org.uk/

Hyde Park
Ótimo lugar para descansar um pouco e caminhar. Há um jardim bem bonito dedicado à Lady Di. No verão, apesar do tempo fechado, as crianças estavam se refrescando na fonte.

Museu Britânico
A entrada é gratuita mas você pode contribuir com algo, se quiser. https://www.britishmuseum.org/

Palácio de Buckinghan
Se você for como eu e não gostar muito de multidão, aqui não é o seu lugar. Dizem que tem um horário melhor, ou seja, com menos pessoas, para passar pelo Palácio e ver a troca da guarda, mas eu não tive muita sorte. Não vi a troca da guarda, que geralmente acontece às 11h00 e estava tudo muito lotado. Em uma próxima vez, vou me programar melhor para isso.

Abbey Rd
Apesar de eu não ser fanática pelos Beatles, ainda assim achei muito legal visitar a Abbey Rd. Você pode visitar os studios e fazer algumas compras também. (https://www.abbeyroad.com/crossing) Eu só passei pela rua, como fazem milhares de turistas, tirei foto, descansei um pouco e voltei. Fica um pouco mais afastado das outras atrações. Eu fui de ônibus e voltei de bicicleta.

Trafalgar Square
Esse local reúne alguns artistas de rua e estava bem cheia quando eu fui. É um bom lugar para descansar um pouco e tirar algumas fotos.

Piccadilly Circus
Para chegar até aqui, desça na estação de metrô que leva o mesmo nome. É um local cheio de lojas de souvenirs, outdoors e restaurantes.

Abadia de Westminster

Eu tirei somente algumas fotos por fora, é bem bonita e dá pra visitar pagando £21,00. Visite o site: https://www.westminster-abbey.org/visit-us


Big Ben
Um dos símbolos mais famosos da cidade e agora está em reforma até 2021. Não espere tirar fotos bonitas dele antes disso.

Houses of Parliament
É também conhecido como Palace of Westminster, que é o edifício onde ficam as duas Câmaras do Parlamento Inglês. Você poder fazer um tour guiado de 60 minutos por lá. Valores adulto: £26,50

Notting Hill
Fica um pouco longe das outras atrações da cidade e para dizer a verdade não tem nada de muito especial. É que eu fui especificamente para visitar a casa onde foi gravado o filme, mas o bairro é charmoso sim. Tente passear um pouco pelas ruas.

London Eye
Acho que deve ser uma das rodas-gigantes mais famosas do mundo. Eu fiquei muito na dúvida se subiria ou não, primeiro que o tempo estava fechando e segundo que esse passeio custa dolorosas £30,00. Mas eu não podia deixar de ir… O passeio é rápido, o que demora mesmo é a fila (cerca de uns 40 min.), porém, vale a pena. Tive uma vista bem linda da cidade. Recomendo!

King’s Cross Station – Plataform 9 3/4
Podem julgar à vontade, mas eu não fui visitar esse local e só coloquei aqui em respeito aos fãs de Harry Potter. Eu estava hospedada bem próxima à essa estação que tem um espaço exclusivo para tirar uma foto igual ao filme. A fila é enorme e tem que pagar também. Você sai de lá com a foto oficial. Mas eu não tirei. Não curto!

Harrod’s
Essa é uma das lojas de departamento mais chiques do mundo. Pense em todas as marcas famosas e luxosas que você conhece. Lá você vai encontrar essas lojas e muitas outras que talvez você nunca tenha ouvido falar (eu pelo menos não conhecia). Enfim, eu só fui pra usar o banheiro mesmo…

Outras observações e dicas
Andar pelas ruas de Londres é bem seguro e eu achei a cidade limpa e organizada, porém, tem seus momentos de trânsito como toda grande cidade. Os ônibus double deck estão por toda a parte e é bem legal ficar no andar de cima para observar a cidade. Achei os passeios e as lembrancinhas um pouco caros. Para comprar roupas ou outros souvernirs mais em conta, visite a Primark. Eu consegui comprar duas peças de roupas por £12,00, camisetas de Londres por £2,50 e uma bolsa linda com o desenho de Londres por £10,00. Estava cheio de brasileiros lá, como já era de se esperar. Uma coisa interessante que eu vi em uma estação de metrô (não sei se tem em todas), é que havia uma máquina em que você trocava moedas de euros e dólares por libras. Você mesmo colocava as moedas lá e a conversão era feita automaticamente pela máquina e você já saía com as libras. Eu acabei trocando Euros por Libras no próprio aeroporto de Roma, mas depois me arrependi um pouco pois a conversão não era boa. Mas como eu fiquei pouco tempo, não era tanto dinheiro assim, então não fiquei mais pobre por causa disso.

Como foi a imigração
Deixei o mais chato (e mais tenso) para o final. Essa foi uma das imigrações em que mais me fizeram perguntas na vida! A policial me perguntou quanto tempo e onde eu ficaria (inclusive eu mostrei a reserva do Hostel), perguntou se eu conhecia alguém lá, quanto dinheiro eu tinha, o que eu iria fazer lá. Eu respondi tudo com a maior transparência do mundo e recebi o carimbo e boas-vindas!

E você? Já foi para Londres? Conta o que você achou!

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.